Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

PSP mata Mirone

Agente disparou três vezes a sua arma de serviço e,segundo o Ministério Público, não prestou auxílio à vítima.

Refere o despacho de acusação, que por volta da 1.50 horas, Fernando Oliveira da Silva, de 53 anos, aproximou-se da viatura, encostou a cara ao vidro do lado do condutor, onde se encontrava o arguido. Após passar pela frente do automóvel, o mirone voltou a encostar o rosto ao vidro da porta do passageiro, onde se encontrava a mulher. "Procurando ver o que se passava no interior, à semelhança do que era usual fazer relativamente a outros veículos estacionados na zona", refere o MP.