Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Em dois dias fizeram três vítimas, todas sequestradas.

Seixal: "Nunca pensei sair viva daquele pesadelo. Eles disseram logo que me iam fazer de tudo". As palavras são da jovem, de 24 anos, que anteontem foi sequestrada e roubada na zona da Costa de Caparica e que só veio a ser largada numa mata perto do Seixal, depois de agredida, fechada na mala do seu carro e obrigada a dar os códigos e cartões multibanco. Um ataque protagonizado pelo grupo que atacou pelo menos mais duas jovens usando o mesmo método e que veio a ser detido pela PSP após uma troca de tiros.

"Fui empurrada e até me obrigaram a fazer as necessidades à frente deles. No fim, quando foram embora, deram três tiros na mala do carro. Fiquei logo quietinha", disse a jovem.