Pesquisar neste blogue

domingo, 25 de outubro de 2009

Mortes na Estrada 2009

Sinistralidade: Houve mais 1041 feridos do que no ano anterior
Mortes na estrada ao nível de 2008

O número de mortos nas estradas portuguesas é este ano idêntico ao registado no ano passado, quando deveria haver uma diminuição de 14,3 por cento até 2011, de acordo com os objectivos traçados pela Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária. Até à passada quarta-feira a Autoridade Nacional da Segurança Rodoviária (ANSR) contabilizou 603 vítimas mortais – menos uma do que em igual período de 2008 –, mas só na sexta-feira morreram mais seis pessoas. Já na madrugada de ontem morreu um homem de 29 anos que seguia ao volante de um BMW que se despistou na A29, junto à saída para Espinho. À tarde, em Vila Verde, um homem de 69 anos morreu quando a mota que conduzia se despistou numa curva em Freiriz.

De acordo com os dados da ANSR, até 21 de Outubro registaram-se menos seis feridos graves do que em igual período de 2008. Já os feridos ligeiros dispararam de 32 775, no ano passado, para 33 822 em 2009 (mais 1047).