Pesquisar neste blogue

sábado, 31 de outubro de 2009

Ladrões faltam a tribunal: Seixal

31 Outubro 2009 - 00h30

Seixal: Quatro assaltantes notificados pelo Ministério Público não aparecem para interrogatório
Ladrões faltam a tribunal
A GNR encontrou-os, pelas 23h30 de anteontem, a rondar um café em Coina, no Barreiro, prontos para o assalto. O carro, um Honda Civic furtado, estava referenciado pela participação em vários roubos à mão armada a bombas de gasolina e pastelarias, durante a última semana. Do nada, os quatro assaltantes aceleraram, fugindo à GNR. Despistaram-se no Casal do Marco, Seixal, e os militares encontraram na viatura uma caçadeira municiada, gorros e luvas.

Os quatro jovens, entre os 18 e os 20 anos, todos residentes no Vale da Amoreira, Moita, são suspeitos da prática, desde 20 de Outubro, de seis assaltos à mão armada a bombas de gasolina na Margem Sul do Tejo. O Destacamento de Intervenção da GNR de Setúbal comunicou as detenções efectuadas ao Ministério Público do Seixal.

O procurador de serviço entendeu não haver prova suficiente para manter os quatro assaltantes detidos para apresentação a tribunal.

Os jovens foram, por isso, notificados para se apresentar, ontem de manhã, ao tribunal do Seixal. Até ao final da tarde, nenhum deles chegou a apresentar-se a interrogatório.