Pesquisar neste blogue

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

GNR Palmela: Tiros contra Posto

03 Janeiro 2010 - 00h30


Palmela: Dois disparos de caçadeira, com chumbo de zagalote, atingem posto territorial do Poceirão
Só com o raiar da manhã de anteontem, primeiro dia de 2010, é que os militares da GNR do Poceirão, Palmela, se aperceberam de que tinham escapado ilesos a um atentado. Desconhecidos aproveitaram o fogo-de--artifício lançado após a meia-noite para fazer, sem serem notados, dois disparos de caçadeira contra o posto territorial.


A potência das munições usadas (cartucho de arma de caça, tipo zagalote) está, de resto, bem visível nos dois fundos buracos que a parede frontal do posto ainda exibe.

Os disparos, soube o Jornal, foram feitos nos dez a 15 minutos que se seguiram à passagem do ano. O posto territorial tinha, na altura, a porta fechada, com dois militares de serviço no interior.