Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

G.N.R. morto a tiro

Homem mata a tiro a mulher e militar da GNR

Um homem de 41 anos matou hoje, domingo, a tiro a mulher, que se encontrava dentro de uma ambulância, e um militar da GNR em Montemor-o-Velho.


O comandante do Destacamento da GNR de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, adiantou à agência Lusa que um segundo militar foi baleado na anca, encontrando-se hospitalizado mas livre de perigo.

Segundo o alferes, a mulher "com sinais de agressão" apresentou queixa contra o marido por violência doméstica esta manhã no posto da GNR de Montemor-o-Velho, tendo os militares de serviço chamado uma ambulância para que fosse observada no Instituto de Medicina Legal.

"A mulher ainda arrancou na ambulância mas o condutor foi obrigado a regressar ao posto da GNR por ameaça do marido que seguia no seu encalço", explicou o oficial.


Foi já com a ambulância parada junto ao posto da GNR que o agressor terá disparado uma caçadeira contra a mulher, atingindo-a mortalmente.

Detido pelos militares do posto, o homicida foi revistado no interior das instalações onde, de acordo com o alferes Nogueira, terá sacado de um revólver e atingido os dois militares.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1434084